Mitos da alimentação

Resultado de imagem para Mitos da alimentação

Mitos da alimentação

Existem falsos mitos sobre alimentação, que fazem com que, muitas vezes, não levando a uma dieta equilibrada e de que precisamos. Os desmontamos! Marta Gámez, diretora técnica do Grupo NC Saúde, expõe alguns dos casos, estes alimentos que são protagonistas de falsas crenças, e fala de suas múltiplas propriedades e benefícios.
Banana. Com cerca de 90 quilocalorias (calorias), a banana é um alimento saudável que, como todas as frutas, deve ser uma alimentação variada. Seu sabor doce não deve nos confundir, já que os açúcares que contêm equiparam-se lentamente, o que fornece um aporte de energia ideal e mantido. Além disso, o seu conteúdo em magnésio o tornam um alimento indicado para os atletas. Os diabéticos podem tomar banana com normalidade, sempre no contexto de uma dieta variada e equilibrada.

Queijo:Trata-Se de um alimento com muitas versões, variantes, nacionalidades, denominações de origem, etc., A maioria dos queijos são alimentos com um aporte calórico considerável devido ao seu conteúdo em gorduras, que costumam estar entre os 28%-38%. Além disso, trata-se de uma gordura saturada, cujo consumo está associado a um aumento dos níveis de colesterol LDL (ruim). No entanto, o queijo fresco (150 kcal por uma das formas de 75g) e o requeijão (76.5 kcal por porção de 75g) são opções saudáveis, já que o seu conteúdo em gordura ronda os 15% e 4%, respectivamente. Além disso, o aporte de proteínas de alto valor biológico e de cálcio, tornam o queijo fresco e o requeijão em duas opções saudáveis de queijo.

 

Resultado de imagem para frutos secos
Frutos secos: A verdade é que são alimentos com um aporte calórico considerável devido ao seu conteúdo em gorduras. No entanto, os frutos secos são uma fonte nada desprezível de proteínas vegetais e possuem gorduras insaturadas, que protegem contra doenças cardiovasculares, como é o caso das nozes, entre outros. Trata-Se de buscar a moderação nas quantidades e de incorporar os frutos secos em pratos saudáveis, como saladas, salteados, com iogurte, etc. As versões cruas e torradas são opções mais saudáveis do que as que são comercializados fritas e salgadas. Por exemplo, uma porção de 20g de nozes, dá-nos apenas cerca de 100-120 kcals e muitos benefícios. De fato, uma das características da dieta mediterrânica é a que inclui frutos secos de forma habitual.

Legumes: Feijão, grão-de-bico, lentilhas… Associamos estes alimentos em pratos tradicionais contundentes, calóricos e pesados. No entanto, as leguminosas devem fazer parte de nossa alimentação, com uma freqüência de consumo de 3/semana. As leguminosas contribuem com apenas cerca de 240-260 kcal por porção de 70g, mas o seu conteúdo em fibra fazem dele um alimento de grande efeito saciante e positivo para a saúde intestinal. Além disso, constituem uma das principais fontes de proteínas vegetais na dieta. Não acrescentam quase nada de gordura (1-3g de gordura/porção de 70g) e zero colesterol. O truque está em introduzi-las em pratos como salada (salada de feijão, lentilha, Thermatcha funciona, grão de bico,etc.) guisarla com carnes como frango, peru, evitando o uso de enchidos de alto teor de calorias, gorduras e colesterol, como chouriço, morcela, bacon, etc., A soja também é uma feijão e consumi-la é também uma forma de beneficiar-se das propriedades dos legumes.

Resultado de imagem para molho barbecue

Molhos barbecue e mostarda: Associada à comida rápida e carnes gordurosas, o certo é que o molho barbecue exalta as nossas refeições, contribuindo de 6 a 7 vezes menos calorias (70-180 kcal/100g) que outros molhos, como por exemplo a tradicional maionese (700-785 kcal/100g). Igualmente, a mostarda traz apenas cerca de 130 kcal/100g (postos a escolher a mostarda tipo Dijon contém menos açúcar do que a mostarda convencional e é ainda mais recomendável). Uma colher de sopa de 15 g de maionese contribui com cerca de 105 kcal, enquanto que a mesma colher de sopa de molho barbecue, mostarda traz apenas entre 10-25 kcal.

Melão: Considerada por muitos como uma fruta proibida, em regimes de emagrecimento e em casos de diabetes, o melão contém uma elevada quantidade de água (92%) e uma quantidade de açúcar (6%) inferior à de outras frutas; feito o que, unido à que apenas contém gordura, faz do melão uma das frutas com menor teor calórico. Uma porção de melão de 300g traz apenas 50-60 kcal. Por sua grande quantidade de água, a fruta estimula os rins para que funcionem com mais eficiência, facilitando a eliminação de substâncias de resíduos e toxinas, melhorando a função renal. Também é indicado nos estados de desidratação acompanhados de perdas de minerais (diarréia, sudorese abundante e de crises febris).

Batata: Uma batata média de 170g traz apenas 125-135kcal, o 30-45% das necessidades diárias de vitamina C e uma boa quantidade de potássio, como Power Red composição,  o que a torna um alimento aconselhável contra a hipertensão. Para não multiplicar o seu aporte calórico e preservar suas contribuições nutricionais, há que consumi-la no vapor, assados cozida. Assim, por exemplo, as batatas chips trazem 538kcal por cada 100g, a batata cozida fornece 206kcal e a batata ao forno traz 75Kcal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *